portella.com.br

Blog pessoal de Felipe Portella

Archive for the ‘4×4’ Category

Tipos de Rally

without comments

1) Rally de Regularidade:

O objetivo é apurar o resultado da prova, de posse dos  tempos de passagem nos postos de controle – PC (local onde é avaliado o desempenho de cada competidor). Estes tempos reais de passagem são comparados com os tempos ideais, e esta diferença implica numa perda de pontos por atraso ou adianto, que seguem regras específicas de cada regulamento.

Read the rest of this entry »

Written by Felipe Portella

agosto 25th, 2009 at 11:00 pm

Posted in 4x4

Tagged with

Mapa da Estrada Real

without comments

logo_estrada-real1.jpg

Mapa da Estrada Real (arquivo PDF)

O Projeto Estrada Real foi formulado em 2001 pelo Instituto Estrada Real, sociedade civil, sem fins lucrativos, criada pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG) com a finalidade de valorizar o patrimônio histórico-cultural, estimular o turismo, a preservação e revitalização dos entornos das antigas Estradas Reais.

O projeto considera que eles se estendiam por mais de 1.400 quilômetros, distribuídos por três vias principais:

  • Caminho Velho (Estrada Velha): ligando Paraty, no litoral do Rio de Janeiro, a Ouro Preto, nas Minas Gerais, passando por Cunha, São João del-Rei e Tiradentes;
  • Caminho Novo: ligando o porto e cidade do Rio de Janeiro a Ouro Preto, passando pela região das atuais Petrópolis, Juiz de Fora e Barbacena;
  • Caminho dos Diamantes: ligando Ouro Preto a Diamantina, também nas Minas Gerais; e
  • Caminho do Sabarabuçu: ligando Catas Altas a Ouro Preto; esse caminho, identificado recentemente, constituir-se-ia numa extensão do Caminho Velho, que assim passava a atingir as vilas de Sabará e Caeté. Está variante tinha como referência o rio das Velhas e a serra da Piedade, no alto de Caeté.



Referência: www.estradareal.org.br/

Written by Felipe Portella

fevereiro 17th, 2009 at 11:49 pm

Posted in 4x4

Tagged with ,

Mitsubishi Outdoor

without comments

O Mitsubishi Outdoor é um rali de estratégia com trabalho em equipe e repleto de  atividades esportivas e culturais. Atividades esportivas como trilhas de bike, boia cross em rios,  pendulo numa ponte, natação em travessia de rios, cavalgadas, trekking ou tarefas culturais como  fazer farinha em um autentico moinho, fotografar a casa de Candido Portinari em Brodosqui, fazer tijolos em uma olaria, diferenciar vários tipos de cheiros de ervas aromáticas, alimentar um avestruz, fotografar um mico no meio de um parque em Porto Alegre e por ai vai.  Existem atividades para todos os gostos, idades e aptidões.

“Essa idéia que mistura estratégia, esportes de ação e off   road  é extraordinária” disse Alipio Petzinger, um competidor. E completa: “Melhor do que a própria idéia é a prova em si, muito bem organizada, ideal para ser curtida em família”.

João Vitor Santana, 11 anos, diz “Foi muito legal fazer rafting e outras aventuras com toda a família. Dá vontade de participar mais vezes”.

Como programar sua estratégia? Fácil: é entregue a cada equipe uma foto de satélite do mapa da região. Nessa foto estão marcados cerca de 20 PCs (postos de controle). Os PCs podem ser obrigatórios (cada equipe recebe 2), de aventura (rapel, bicicleta, cavalgada, kart…), de tarefa (fotos, visitas, plantios…) e de passagem (basta passar pelo ponto). A cada tarefa concluída a equipe recebe um carimbo no passaporte. As tarefas tem pontuação diferenciada de acordo com o grau de dificuldade. Vence a equipe que traçar a melhor estratégia e acumular o maior número de pontos ao longo de 5h de prova.

Após a prova, um alegre e festivo almoço de premiação espera pelos participantes e seus convidados.

E o melhor : as cinco melhores equipes classificadas recebem trofeus e muitos premios dos patrocinadores.

Para participar voce precisa correr com seu Mitsubishi 4 x 4, ter espirito de aventura e se inscrever pelo site: www.mitsubishimotors.com.br

Fonte: mkt@mmcb.com.br

Written by Felipe Portella

fevereiro 10th, 2009 at 11:40 pm

Posted in 4x4

Tagged with

Mitsubishi Outdoor – 6ª Etapa – Mogi das Cruzes / SP (22/11/2008)

without comments

Olha “nóis” ai em 4:50 com direito a entrevista em 5:20 !

Confira as outras etapas no Canal Mitsubishi do YouTube.

Written by Felipe Portella

fevereiro 10th, 2009 at 11:29 pm

Posted in 4x4

Tagged with ,

Dicionário 4×4

without comments

Bloqueio de Diferencial

É um dispositivo colocado no diferencial para convertê-lo de aberto
para fechado, quando as duas rodas ficam ligadas uma a outra e giram
exatamente da mesma forma. O bloqueio pode ser acionado mecanicamente,
eletricamente ou a ar. O uso de diferencial bloqueado é muito
importante em subidas e descidas íngremes e escorregadias, onde o giro
em falso de uma roda pode fazer com que o 4×4 fique de lado, podendo
capotar. O bloqueio pode fazer com que, no caso de uma roda girar em
falso, se consiga sair da situação. Algumas pessoas colocam bloqueio
nos dois diferenciais o que não é consenso entre os especialistas

Bloqueio de Diferencial Central

É uma necessidade nos veículos 4×4 full time (em tempo integral).
Neste veículos, há um diferencial na caixa de transferência, o que
permite que haja tração permanente na quatro rodas, o problema é
quando o veículo está numa situação em que uma e somente uma das
quatro rodas girem em falso (patinem), o que é o suficiente para o
veículo ficar atolado com a tração nas quatro rodas ligada. Para
resolver este problema, se criou o bloqueio central, que torna o
veículo exatamente igual a um willys, em termos de tração. Óbviamente,
não se deve utilizar o bloqueio central em estradões e asfalto, visto
que pode quebrar diferenciais e até caixa. Alguns veículos que
necessitam ter este recurso:
Lada Niva, Land Rover e Pajero.

Caixa de Transferência

É uma caixa complementar a caixa de marchas e possibilita a
transmissão de torque para o eixo dianteiro e traseiro além de
proporcionar a redução da marchas.
Calço Hidráulico
Acontece quando o motor aspira água pela entrada de ar ou pelo escape.
Na tentativa de comprimir a água nos cilindros, danifica peças vitais
como bielas, comando de válvula e até mesmo o bloco do motor. Para
evitar esse desastre é fundamental a instalação de um snorkel, ou
tomada de ar elevada. Pode acontecer com qualquer veículo, 4×2, 4×4,
carro de passeio, caminhão, etc.

Cambão/ Tow-bar

Estrutura triangular com engate que é instalada no chassi (ou
pára-choque) na frente do veículo. Serve para rebocar o carro sem ter
a necessidade de alguém dirigir o veículo rebocado.

Cinta

Normalmente de nylon, a cinta é um acessório útil em operações de
ancoragem do veículo, pois permite a fixação do cabo de aço em uma
árvore sem comprometer o tronco. Muitos desavisados prendem o cabo de
aço direto na árvore, o que pode danificá-la ou até mesmo matá-la. A
cinta também é muito útil para prender um cabo de aço em um veículo
sem pontos de ancoragem.

Degrau

É a capacidade de um 4×4 atacar um obstáculo vertical (como um meio
fio) e superá-lo. Para ser um fora-de-estrada, o mínimo é de 36
centímetros, sem que o pára-choque dianteiro, carroceria ou suspensão
batam. Para superação de um obstáculo destes é necessário bom ângulo
de dorso e de saída.

Diferencial

Uma caixa entre as duas rodas traseiras ou dianteiras que contém
engrenagens permitindo que as duas rodas se movimentem a velocidades
diferentes quando o veículo faz curvas. Ele também permite que uma das
rodas fique girando em falso sem que nenhuma potência vá para a outra
roda. Praticamente todos os carros de passeio e os 4×4 mais antigos
são assim. Também é conhecido como diferencial aberto.

Diferencial Central

Componente que fica instalado na caixa de transferência e compensa,
nas curvas, as diferenças de percurso do eixo dianteiro e traseiro.
Pode ser bloqueado para travessia de obstáculos em trechos fora de
estrada. Equipa todos os utilitários e SUVs com tração integral, como
o Lada Niva, a linha Land Rover e Mitsubishi Pajero respectivamente.

EAS

Eletronic Air Suspension, é outro dispositivo do Range Rover. Existem
modelos adaptáveis a outro veículos. Serve para ajustar a altura do
veículo (levantar ou abaixar), automaticamente (em relação a
velocidade, quanto mais rápido mais baixo) ou manualmente. Isso pode
ser muito útil se o veículo estiver com seu fundo apoiado num
obstáculo (ângulo de dorso máximo). Basta dar uma levantadinha e ir em
frente.

Eixo Flutuante

Sistema de eixo que tem um sistema de rolamentos que sustenta o peso
do veículo. Caso a ponta de eixo se quebre, o sistema mantém a roda no
lugar, e é possível rodar com o veículo utilizando a tração dianteira.
Este tipo de eixo normalmente equipa veículos como: Toyota bandeirante
e Land Rovers

Eixo Semi-Flutuante

Neste caso a ponta de eixo está conectada diretamente na roda. Se a
ponta de eixo quebrar, vai soltar a roda que cairá, deixando o veículo
paralisado até a troca da ponte de eixo. Encontrado em veículos como
Ranger e S10.

Facão

Nome popular para erosão ou valeta mais profunda. O facão pode se
formar por ação natural ou ser provocado pelo trânsito de veículos,
que cavam inicialmente a canaleta com os pneus, deixando o local
propício para formação de erosões pelo efeito da chuva. Os pneus
conhecidos como “frontiera” são os campeões desse tipo de agressão ao
ambiente, e são conhecidos como anti-ecológicos pelos estragos que
causam.

Freio-motor

Recurso que usa o motor e marchas reduzidas para frear o deslocamento
do veículo. Usado em descidas íngremes nos deslocamentos por trilhas e
no dia a dia nas rodovias em descidas de serras, (você já leu em
placas de trânsito: “Use freio-motor”).

Full-time 4WD

Sistema 4×4 onde a caixa de transferência tem diferencial central
(como no Niva, Land Rover, Pajero) sendo possível andar com o veículo
sempre em 4×4. A maioria não possui opção de 4×2 (como, Niva, Land
Rover, Subaru).

Fonte:  www.4x4brasil.com.br/forum/showthread.php?t=47298&page=2

Written by Felipe Portella

fevereiro 7th, 2009 at 3:57 pm

Posted in 4x4

Tagged with

Mitsubishi Outdoor – 4ª Etapa – Belo Horizonte / MG (02/08/2008)

without comments

Confira as outras etapas no Canal Mitsubishi do YouTube.

Written by Felipe Portella

agosto 2nd, 2008 at 12:00 pm

Posted in 4x4

Tagged with ,

Mitsubishi Outdoor – 1º etapa – São José do Campos / SP (12/04/2008)

without comments

Confira as outras etapas no Canal Mitsubishi do YouTube.

Written by Felipe Portella

abril 12th, 2008 at 12:00 pm

Posted in 4x4

Tagged with ,